quinta-feira, 11 de abril de 2019

Visitas que nos enchem o coração

A avó do Xavier veio à nossa sala falar um bocadinho da sua profissão. A avó Céu trabalha no Museu de Évora e quis partilhar, com a nossa sala, algo que faz muitas vezes, em Évora, com outras crianças: pintura de azulejos. 

Com a avó Céu aprendemos a técnica de pintar azulejo. Foi uma manhã maravilhosa, que começou com a avó Céu a contar-nos uma história de mitologia e apresentar animais estranhos que só existem na nossa imaginação. Esse foi também o mote para a pintura dos azulejos.


A atividade que a avó Céu veio desenvolver passou, primeiro, por um projeto de desenho com lápis de carvão em folha de papel vegetal.


Viajou até um momento de picotagem em que todos puderam contornar o seu desenho original, com maior ou menor precisão. 


Depois foi só aprender a técnica de soltar o carvão em pó em cima do picotado que passava o desenho para o azulejo.


Até finalizarmos o processo com umas pinceladas nos azulejos. O objetivo foi sempre, as crianças conhecerem a técnica do azulejo e nunca que o fizessem com o rigor necessário. Claro que os desenhos iniciais não são as pinturas finais, mas a importância de vivermos a realidade da técnica de pintura foi, só por si, maravilhosa.


A avó Céu levou tudo para cozer e no final de mês trouxe os nossos azulejos, que já estão nas casas de cada criança.  Foi mesmo uma manhã completa e cheia de desafios e nós só temos a agradecer à avó do Xavier por ter tirado um dia do seu trabalho para vir estar connosco.


Obrigada!

Sem comentários:

Enviar um comentário