quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Com o novo ano, novas propostas e desafios

Com o novo ano, já chegaram novas partilhas e novidades por parte das famílias. A cada nova partilha, conversamos e decidimos o que queremos fazer ou saber. 


O Miguel trouxe-nos um ninho. Conversámos sobre o ninho e percebemos que todos sabiam que o ninho é a casa dos passarinhos. Lançámos o desafio. Então e a nossa casa como é? O que temos nas nossas casas. O que sabemos sobre as nossas casas. Decidimos fazer um trabalho para partilharmos uns com os outros o que sabemos sobre as nossas casas: 


Descobrimos tantas coisas interessantes e depois partilhámos as nossas descobertas com a sala da Carolina, na nossa primeira comunicação:


A Francisca foi ver a avó e descobriu uma árvore muito grande. Trouxe-nos uma notícia e ainda muitas folhas para partilhar. Ao observarmos as folhas descobrimos que elas tinham cores diferentes. Quisemos saber porquê.


Fizemos um trabalho e em conjunto registámos as nossas descobertas: 


O Manel trouxe das férias muitas conchas para partilhar. Decidimos que partindo desta partilha e das outras anteriores, podíamos, em conjunto com a Sala da Carolina, fazer uma área das ciências onde pudéssemos guardar e explorar estes materiais. Será o nosso próximo desafio.  


Deste lado só temos a agradecer as partilhas que nos chegam!

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Novo ano, vida nova

Começou um novo ano. Entrámos numa nova sala, numa nova escola... temos um novo mundo por descobrir. A nossa sala é cheia de desafios e novos materiais. Por estes dias temos andado a explorar cada canto com muito interesse. Têm sido também dias de adaptação para todos nós. Temos usado mais as chuchas, os "ó-ós" andam pelo chão da sala e os bonecos lá de casa ficam debaixo do braço. Como são importantes estes objetos transitivos nesta fase. Por estes dias temos tido tempo.... tempo para colo, tempo para conhecer os novos espaços, tempo para nos reaproximarmos com toda a calma do mundo. E enquanto tudo isto acontece:


Jogamos novos jogos que são desafios constantes. 


Fazemos construções no recreio.



Matamos saudades dos amigos.


Estreitamos relações e fazemos grandes descobertas neste novo espaço de recreio que temos. 


Fazemos pinturas, plasticina e desenhos!



Escolhemos materiais e o que queremos fazer. A vida na creche é uma mão cheia de divertimento e muita participação. E nós cá estamos para receber e acolher:


sexta-feira, 20 de julho de 2018

Fomos à Quinta da Granja

O ano letivo está a acabar. Algumas crianças já foram de férias e outras estão a regressar. Tínhamos este passeio planeado para ser feito há mais tempo, mas a chuva trocou-nos as voltas. Hoje o dia esteve quente e bom e nós fomos visitar a quinta da granja e aproveitámos tudo o que ela tem para nos dar. Começámos por visitar os cavalos e os burros. Pelas mãos do Pedro e da Madalena visitámos a quinta e ficámos a conhecer cada pormenor. 


O Pedro tirou leite da vaca para dar aos gatinhos. Eles adoraram e nós ficámos encantados a observar. 


Vimos os porcos, as ovelhas, os patos e depois pudemos pegar nas galinhas e nos coelhos ao colo. Que dia maravilhoso:


Também foi dia de brincar, correr e explorar um espaço verde cheio de tanta coisa para nos oferecer: 


Acabámos a visita com uma voltinha pela quinta de carroça que fez as delícias de todos. 


sábado, 30 de junho de 2018

Fomos à praia

O dia já há muito era esperado e desejado. Logo cedo entrámos no autocarro e rumámos à praia. Lá encontrámos os nossos amigos mais velhos da escola nova. Houve muita brincadeira, alguns receios mas também muito convívio e alegria. As imagens falam por si: 


E mesmo com um sol tímido fomos à água e fizemos mil brincadeiras divertidas. Regressámos cansados, mas tão, tão felizes!


sábado, 9 de junho de 2018

Vamos falar sobre ovos?

O Miguel trouxe na segunda-feira dois ovos e algumas fotografias da quinta onde passou o fim-de-semana. A mãe do Miguel veio à sala e ajudou o Miguel a comunicar a sua novidade. Trouxe também um livro: O ovo e a galinha que quisemos logo explorar. 


Quando pegámos nos ovos, percebemos que eles eram diferentes. A mãe do Miguel explicou: um ovo era de galinha e o outro do pato. Quisemos então descobrir que outros animais põem ovos e serão os ovos todos diferentes?


A Marta imprimiu algumas fotos e também trouxe alguns livros que apoiaram as nossas descobertas: 


Em pequeno grupo observámos as fotos, partilhámos descobertas com os pares, promovemos o diálogo e a interação social e no fim, depois das nossas descobertas, desenhámos ovos porque ao desenhar também estamos a comunicar e a mostrar aos outros o que sabemos. 

domingo, 3 de junho de 2018

Museu Berardo - E quem disse que crianças pequenas não gostam de Arte?

Fomos ao Museu Berardo. Muitas vezes pensamos o museu como um sítio para adultos ou pelo menos para crianças mais crescidas. De facto, quando procuramos ofertas para crianças de 1 e 2 anos é raro encontrarmos, sejam elas ateliers ou outras propostas. Às vezes temos dificuldades acrescidas que é quando não há atividades mas também não há a possibilidade de entrar. O Museu Berardo já começa a ter algumas atividades para crianças de 2 anos, mas ainda não recebe bebés, no entanto as suas portas estão abertas para os receber, com a vantagem que é possível levarmos algum material para estas visitas livres. E assim lá fomos nós: 

Chegámos ao Museu e entrámos. Os primeiros "UAU's" surgiram em cânone. Era um deslumbre com cada uma das obras que observávamos. Era o rodopiar à frente de cada quadro e a felicidade imensa de quem se vê envolvido em tamanha expressão artística. De quadro em quadro fomos nos apaixonando mais por este museu. Nalguns parámos e observámos apenas. Noutros sentámo-nos e desenhámos no chão aquilo que aquela tela nos inspirava. Algumas obras inspiraram-nos a dançar e outras houve que nos impeliram a encontrar significados: "Será um cavalo?"; "Ali está uma mesa!" Descobrimos cores, pessoas, formatos, formas, traços, bolas, linhas, objetos... descobrimos a Arte e foi tão bom!